Alimentos poderosos

Aqui você acompanha o que a natureza tem a oferecer para sua saúde

MELISSA – Para que serve?

Nome Científico: Melissa officinalisL.
Família: Lamiaceae
Outros Nomes Populares: erva-cidreira, cidrilha e melitéia.

Usos: Antiespasmódico, ansiolítico e sedativo leve.

Parte Utilizada: sumidades floridas.

Plantio: tem bom desenvolvimento em locais com clima temperado; não tolera temperaturas
muito elevadas nem muito frias. O excesso de sol forte e a falta de água provocam uma
aparência de queimado nas bordas das folhas. Embora sem registros concretos, o
florescimento da Melissa ocorre no fim do verão, com o aparecimento de flores pequenas nas
colorações brancas, rosa e amarela.

Coleta: as folhas devem ser cortadas, sem o caule, na primavera, e as sumidades floridas no
início do verão.

Princípios Ativos: óleo essencial composto dos terpenos citral, citronelal, citronelol,
limoneno, linalol e geraniol; taninos (derivado dos ácidos rosmarínico e cafeica), ácidos
tritepernóides, flavonoides, mucilagens, resinas e substâncias amargas.
.
Modo de Preparo: chá por infusão de 2 a 4g (1 a 2 colheres de sobremesa) das sumidades
floridas em 150mL (1 xícara de chá) de água. Ingerir 1 xícara de chá de 2 a 3 vezes ao dia, 10 a
15 minutos após o preparo.

Observações:
• Deve ser administrado apenas em maiores de 12 anos.

• Não deve ser utilizado nos casos de hipotireoidismo e utilizar cuidadosamente em
pessoas com hipotensão arterial.