Alimentos poderosos

Aqui você acompanha o que a natureza tem a oferecer para sua saúde

Gengibre – Para que serve?

Nome científico: Zingiber officinale Roscoe
Nomes populares: Mangarataia, Ginger.
Parte utilizada: Rizoma.
Constituintes principais:
óleos voláteis (citral, zingibereno, bisaboleno), óleo resina
(gingerol, shogaol), carboidratos, lipídeos e ácidos orgânicos.
Indicações
Uso interno: Carminativa (combate gases intestinais), antiemética, digestória, combate
arterioesclerose, ação antioxidante, antisséptico e anti-inflamatório para problemas
respiratórios (expectorante e dor de garganta) e casos de cinetose (enjoo por
movimento em carros, aviões e barcos).
Uso externo: Inflamações de boca e garganta.
Posologia e forma de preparo
Uso interno: Infusão ou decocção – 0,5 g a 1,0 g do rizoma (picado para decocção ou
ralado para infusão) para 1 xícara de chá (150 mL) de água. Após o procedimento, tanto
na infusão, quanto na decocção, deixar o recipiente tampado por no mínimo 10 minutos.
Tomar 2 a 4 vezes ao dia.
Uso externo: Infusão ou decocção – 0,5 a 1,0 g do rizoma (picado para decocção ou
ralado para infusão) para 1 xícara de chá (150 mL) de água. Após o procedimento, tanto
na infusão, quanto na decocção, deixar o recipiente tampado por no mínimo 10 minutos.
Realizar bochecho ou gargarejo 2 a 4 vezes ao dia.
Cuidados: Não utilizar em gravidez e lactação em doses maiores que 1 colher de café por
dia (0,5 g). Não utilizar para crianças menores de 6 anos. Contraindicado seu uso para
pessoas com úlcera péptica, colite, doença hepática, cálculo biliar, hipertensão arterial ou
concomitante com anticoagulantes.