Alimentos poderosos

Aqui você acompanha o que a natureza tem a oferecer para sua saúde

Erva cidreira brasileira – Para que serve?

Nome científico: Lippia alba (Mill.)
N.E.Br. ex Briton & P. Wilson
Nomes populares: cidreira-de-rama,
falsa-melissa, erva-cidreira-de-arbusto.
Parte utilizada: partes aéreas.
Constituintes principais:
Contém óleos voláteis (geranial, neral, β-carofileno, linalol,
limoneno e citral, mirceno), taninos, flavonoides e iridoides.
Indicações
Uso interno: Antiespasmódica (cólicas uterinas e intestinais), analgésica,
antidispéptico, ansiolítico e sedativo leve (calmante e insônia), hipotensora leve,
antigripal, expectorante e auxiliar em dor de cabeça. Auxilia em TPM, síndrome
do climatério e síndrome do intestino irritável e diarreias.
Posologia e forma de preparo
Uso interno: Infusão – 1 a 3 colheres de chá (1 a 3 g) de partes aéreas secas
para 1 xícara de chá (150 mL) de água. De 3 a 7 anos tomar 35 mL do infuso 3 a
4 vezes ao dia. De 7 a 12 anos 75 mL do infuso 2 a 3 vezes dia. Acima de 12
anos tomar 150 mL do infuso 2 a 4 vezes dia. Acima de 70 anos tomar 75 mL do
infuso 2 a 3 vezes dia.
Cuidados: evitar o uso durante a gravidez, lactação em caso de hipotensão. Pode
aumentar a toxicidade de paracetamol se usado concomitantemente. Doses acimas
da recomendada podem causar irritação gástrica, bradicardia e hipotensão.
Observação: Deve-se diferenciar das plantas: Cymbopogum citratus e Melissa
officinalis, que também são conhecidas popularmente como cidreira.