Comer Salmão cru na Gravidez é Seguro?!


Todo cuidado na gravidez é pouco e as mães se perguntam se comer salmão cru no período é seguro.


O salmão é um peixe de águas frias que se reproduz e reside em rios, migrando para o Oceano apenas durante o inverno, sendo, para o comércio é colocado em culturas aquáticas.

Seu habitat já ajuda na propagação de seus benefícios. Isso porque é recomendável às mamães a exclusão de frutos do mar na dieta por causa da quantidade de mercúrio encontrado em seres aquáticos, principalmente nos de grande porte.

Um excesso de mercúrio pode prejudicar o desenvolvimento do feto. Mas o Salmão não faz parte desta lista e essa não é a única vantagem do peixe.

Comer Salmão cru na Gravidez é Seguro?!

comer salmão cru na gravidez e seguro

Possui substâncias poderosas para a saúde

  • Cálcio para a fortificação dos ossos.
  • Vitamina B12 funciona como calmante fundamental nesse período de instabilidade emocional.
  • Proteína de qualidade dando fora e energia.
  • Selênio, antioxidante, combate os radicais livres possíveis causadores de câncer.

Previne a Pré-eclampsia

O ômega 3 é um anti-inflamatório orgânico bastante eficaz em seu efeito nas artérias. Apesar de ser realmente uma gordura, é de qualidade, saudável e essencial para a saúde de desenvolvimento de todos.

Para as gestantes, seus benefícios vão além da simplicidade.

Esse ácido graxo previne a pré-eclampsia, a alteração de elevação da pressão arterial pode ocasionar a morte tanto do bebê quanto de sua progenitora. Por isso, a ingestão regulada de ômega 3, é importante nos cuidados.

É preciso sempre tomar cuidado

O Salmão é realmente muito benéfico à saúde como já apresentado. Apesar de ter suas propriedades reconhecidas, o consumo cru não pode ser feito com desleixo.

Todo fruto do mar cru deve ser comprado com cuidado e confiança. Doenças parasitárias como a Difilobotríase são provenientes da conservação inadequada de peixes.

As soluções são simples

Não há porque deixar totalmente de comer Salmão cru na gravidez. A escolha do lugar onde se comerá e como ocorre a conservação (congelado e, ao menos, vinte graus Celsius negativos pelo tempo mínimo de uma semana e máximo de três meses) já são suficientes para que essa comida cheia de benefícios e gosto espetacular para muitos não apresente riscos reais às grávidas.

É seguro então, como com qualquer outra comida, a ingestão do peixe desde que se tenha noção da procedência.

Saiba Mais Como os Alimentos podem te Ajudar durante a Gravidez:

Comer Salmão cru na Gravidez é Seguro?!
(100%) 5732 votos



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *