Alimentos Ricos em Ômega 6


O Ômega 6 não é produzido no organismo humano, mas é totalmente necessário para ele


Não são todas as substâncias que o ser humano precisa que estão disponíveis a partir da criação do próprio corpo. Os alimentos ricos em ômega 6 são um grande exemplo disso!

Você só pode encontrar a substância com a alimentação…

alimentos ricos em omega 6

Porque o Ômega 6 é Necessário

O organismo está em constante atividade de montagem e desmontagem de estruturas. Essas estruturas servem para o exercício de variadas reações como o transporte, quebra, produção e comunicação de substâncias.

Se o mecanismo de atividades estiver funcionando em perfeita ordem, o ser humano é saudável.

Os alimentos ricos em ômega 6 ajudam o sistema a funcionar e, apesar de ser uma gordura, não atrapalha ou faz engordar.

A prevenção contra a hipertensão, problemas cardiovasculares e tromboses e o equilíbrio da glicose no organismo são alguns benefícios pontuais do ácido graxo essencial Ômega 6 para os homens.

Com muitas qualidades e importância para o bom fluxo do sangue no corpo, fica clara a necessidade dessa ótima gordura, porém, ela não pode ser sintetizada pelo organismo.

Logo, é preciso conhecer bem e consumir constantemente quais alimentos contém o Ômega 6.

Doses diárias

Antes de sair incluindo desesperadamente esse ácido na dieta, é importante ressaltar que não se pode exagerar.

Assim como em todos os alimentos, existe uma dose diária a ser respeitada. Para o Ômega 6, ela é de 12g-17g, não podendo superar a de Ômega 3.

Alimentos Ricos em Ômega 6

Peixes

Peixes são excelentes escolhas de carne magra e rica em nutrientes para a dieta de qualquer pessoa. É inteligente aderir à uma frequência de filés de peixes de pelo menos 2 vezes por semana.

São alimentos com presença do sal mineral cálcio e vitamina D, fundamentais para os ossos; contêm proteínas de qualidade; ácidos graxos essenciais Ômega 6 e Ômega 3.

Azeite de Oliva

O azeite de oliva é um dos óleos mais comuns e recheados de nutritivas substâncias.

Sua versão extra virgem é a que melhor atende às necessidades humanas, pois é a mais completa em termos nutricionais.

Além de trazer o Ômega 6 para o corpo, também traz outros ácidos graxos e poderosos polifenóis.

Óleo de Prímula

Esse óleo não é tão conhecido, mas deveria ser. Ele é extraído a partir da semente da planta Prímula.

Sua contribuição para os seres humanos existe pela alta concentração nesse óleo dos ácidos gama-linolênico e alfa-linolênico, respectivamente, Ômega 6 e Ômega 3.

É, também, auxiliar do fortalecimento ósseo, uma vez que possui o cálcio.

Existem algumas restrições para o consumo do óleo. Ele não deve ser administrado junto com medicamentos que contenham fenotiazinas.

Óleo de Canola

Esse óleo é mais um óleo vegetal que serve tanto para quem recorre ao consumo de Ômega 6 quanto ao de Ômega 3.

Ele é rico nos nutrientes já citados e em vitaminas que exercem papéis antioxidantes (vitamina E e K). Ser antioxidante ajuda na prevenção do câncer e de doenças relacionadas ao envelhecimento celular como o Alzheimer.

Castanhas

Castanhas são bons investimentos na saúde e no emagrecimento. São ricas em gorduras sim, mas gorduras boas, os ácidos graxos.

Não apresentam riscos grandes nem mesmo para os diabéticos.

Elas podem ser alternativas para o café-da-manhã, o lanche da tarde e a ceia.

Matam a fome rapidamente e oferecem séries de componentes essenciais (além dos ácidos graxos, minerais e vitaminas).

Alimentos Ricos em Ômega 6
(100%) 5732 votos



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *